Administração Pública - Administração de Pessoal

ANALISANDO A GESTÃO DE PESSOAS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: UM ESTUDO DE CASO NA PREFEITURA DE SUMÉ – PB

RESUMO

A sociedade tem diferentes expectativas para a gestão pública, atender a essas perspectivas muitas vezes requer uma capacidade de mapear e de saber administrar as competências e os conhecimentos organizacionais. No entanto, é necessário perceber as particularidades inerentes a gestão de pessoas em uma organização pública, pois esta requer respeito, na sua formulação, desenvolvimento e implantação, cumprir exigências, agir com base nos princípios da legalidade e da igualdade, do pleno exercício da cidadania e saber conduzir o acesso e a continuidade dos serviços públicos oferecidos. A administração pública tem os princípios constitucionais de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência como elementos norteadores na busca por soluções práticas para atender as exigências e anseios da coletividade. Neste sentido, a gestão de pessoas no serviço público tem um papel estratégico, pois visa o alinhamento entre os objetivos estratégicos da organização pública e as políticas de desenvolvimento de pessoas. Este estudo apresenta uma proposta que tem como objetivo geral: Compreender através do trabalho dos funcionários, como se dá o processo de gestão de pessoas na sede da prefeitura municipal de Sumé – PB. E como objetivos específicos: Apresentar o quadro de funcionários da sede da prefeitura do respectivo município analisado; Debater sobre o conceito de gestão de pessoas na administração pública e comparar com os dados coletados; Observar os principais problemas relacionados à gestão de pessoas e descrever quais são os principais desafios enfrentados pelos funcionários no cotidiano da prefeitura. Os resultados obtidos na pesquisa apontam que os funcionários da sede da prefeitura de Sumé – PB têm consciência do papel que deve ser desenvolvido por cada um deles, dentro da sua função desenvolvida, ou do cargo que ocupam, no entanto, fatores motivadores, condições de capacitação, autonomia, e realização pessoal e profissional não apontam para resultados positivos, pois na sua maioria os funcionários apresentaram informações que negam essa satisfação, motivação.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000079
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160122.005161
Subscrever Administração Pública - Administração de Pessoal