Arquitetura e Urbanismo

HOSPITAL MILITAR DE CAMPANHA: MÓVEL, MODULAR E AUTÔNOMO

O conceito do hospital de campanha foi herdado do campo de batalha, e pode ser definido como uma pequena unidade de saúde, ou mini hospital, que é utilizado como provisão de cuidados temporários de saúde, em situações emergenciais tais como catástrofes naturais ou guerras, provendo cuidado para as vítimas no próprio local, até que possam ser transportadas com segurança para as instalações permanentes. Os Hospitais de Campanha, surgiram na segunda guerra mundial, como apoio ao esforço dos combatentes. Observa-se que a estrutura física deste tipo de hospital é limitada ao mínimo necessário, para que se torne viável seu deslocamento até regiões mais remotas. Isso exige uma estrutura bem pensada, que permita um trabalho eficiente e seguro, provendo condições de realização desde pequenos procedimentos a cirurgias mais complexas, além de internação provisória de pacientes. Seus registros têm sido acompanhados desde a evolução das práticas de saúde conforme a cultura, acontecimentos históricos e meios disponíveis.

Palavras-chave: Medicina de Guerra, Serviço de Saúde em Campanha, Logística Humanitária.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000108
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170607.005941

ESTRATÉGIAS COMERCIAIS: VISUAL MERCHANDISING ALIADO A ARQUITETURA.

O presente trabalho lida com alguns dos aspectos fundamentas do planejamento e composição de espaços comerciais contemporâneos, brevemente conceituando-os e articulando as opiniões de diversos pensadores sobre o tema. Ele também aborda elementos fundamentais do comportamento dos consumidores atuais, de maneira que esses subsídios possam se combinar resultando em abreviadas linhas guias para um ajuste adequado entre a experiência de compra projetada e a obtida.  

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000105
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170324.005866

MEIO AMBIENTE, CONFORTO DO ESPAÇO CONSTRUIDO E TINTAS MINERAIS.

Dada a crise ambiental que se cogita mundialmente, fica clara a pertinência de artigos que versem sobre parâmetros técnicos de materiais que influenciam no desempenho térmico do meio construído.

Nesse contexto, o presente artigo se apresenta como uma breve abordagem dos processos físicos pertinentes a transição térmica relacionados a técnica das chamadas tintas de base mineral, ecológicas por não possuírem em suas composições aglutinantes, pigmentos ou solventes que tenham por base os chamados COVs (Compostos Orgânicos Voláteis), e por possuírem como base de sua pigmentação, minerais inertes.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000105
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170324.005865
Autor(es): 

TELHADO VERDE: DA BABILÔNIA AOS DIAS ATUAIS

Este trabalho apresenta um estudo sobre o telhado verde, o qual é uma alternativa em fase de implantação no território nacional e possui suas raízes em tempos remotos. O telhado verde caracteriza-se como um sistema de arquitetura que permite o cultivo e o crescimento de plantas sobre uma laje inclinada ou plana impermeabilizada. Todavia, alguns cuidados adicionais devem ser tomados, entre eles: a escolha das plantas, a resistência e capacidade estrutural da edificação e o dimensionamento do telhado. Por meio de pesquisa bibliográfica e documental, este artigo apresenta a origem, as vantagens e desvantagens, o projeto detalhado, o impacto econômico e ambiental do telhado verde. Também, apresenta alguns exemplos de aplicações, quais são as plantas adequadas para o telhado verde e, por fim, mostra-se como acorre a captação de águas pluviais e algumas leis e normas sobre a implantação do telhado verde em grandes metrópoles nacionais.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000107
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170417.005795
Subscrever Arquitetura e Urbanismo