Ciências Agrárias

REDE DE ARRASTO: CARACTERIZAÇÃO DA PESCA E IMPACTOS AMBIENTAIS

A pesca de arrasto caracteriza-se pela captura da fauna íctica e de invertebrados marinhos ao longo do fundo do mar ou através da coluna d'água. Esta arte de pesca varia no design e métodos de arrasto, tendo início no século XIV. Objetivou-se caracterizar a pesca com rede de arrasto, avaliando os impactos ambientais causados pela atividade pesqueira. São redes que possuem o corpo em forma de cone, seguido por um saco, onde sua parte superior é formada pela boca e pelas asas, podem ser rebocadas por uma ou duas embarcações e, segundo o tipo, são utilizadas no fundo ou no ambiente pelágico. A captura incidental de diversas espécies, torna a pesca de arrasto danosa, pois não seleciona os indivíduos a serem retirados do meio. Em virtude dos impactos causados pelo arrasto, algumas medidas de manejo vêm sendo tomadas. Contudo para o setor industrial é a pesca mais utilizada, pela sua ampla captura, seja das espécies alvos ou incidental, no entanto os métodos de manejo e os dispositivos para redução de captura incidental vem sendo adotados por alguns pescadores, possibilitando que algumas espécies sejam mantidas no seu habitat, porém esses não conservam o fundo do mar, que é degradado pelo arrasto.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000105
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170328.005868

CARACTERIZAÇÃO DE FARINHA DA CASCA DE MARACUJÁ AMARELO E MARACUJÁ-DO-CERRADO

As cascas de maracujá apresentam teores altos de polifenóis totais e alta atividade antioxidante total, indicando que o fruto pode ser fonte natural de compostos bioativos. A secagem é um método de conservação muito propícia, e que, pode ser usada no desenvolvimento de novos produtos. Assim o trabalho tem o objetivo de desenvolver uma farinha a partir de cascas de maracujá amarelo (Passiflora edulis flavicarpa) e maracujá-do-cerrado (Passiflora setacea DC), verificar seu potencial funcional e avaliar sua capacidade de gelificação para seu uso como um agente espessante alternativo aos tradicionais. Para tanto, foram realizadas análises para a caracterização química e determinação de polifenóis extraíveis totais (PET) e da atividade antioxidante total (AAT) e capacidade de gelificação. O rendimento de obtenção da farinha da casca de maracujá amarelo foi de 7,2% e foi 3,4% para a farinha casca do maracujá-do-cerrado. Os resultados indicaram os polifenóis totais foram de 123,33 ± 0,07 mg eq.Ác. gálico. 100g-1 e a atividade antioxidante total foi de 12,36 ± 1,75 μM sulfato ferroso. g de amostra pelo método FRAP.  A farinha da casca do maracujá amarelo foi a que apresentou a melhor capacidade de gelificação e rendimento.  

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000100
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170113.005643

BIOPESTICIDA COM BASE EM ÓLEOS ESSENCIAIS

Biopesticidas, pesticidas provenientes de organismos vivos como plantas, são largamente utilizados como alternativa menos impactante aos tradicionais. Países como a França, que visa com o plano ‘Écophyto’ reduzir progressivamente 50% o uso de pesticidas até 2018, demonstra a preocupação dos países desenvolvidos. Há a necessidade urgente de mudar hábitos agressivos ao meio ambiente e utilizar-se de alternativas ambientalmente corretas, de modo que se aproveite o que a natureza oferece como meio de evitar o uso de produtos tóxicos. Objetiva-se avaliar os compostos majoritários de óleos essenciais na busca por uma alternativa que se adeque ao maior número de produtores possíveis.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000085
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160701.005419
Autor(es): 
Área do Conhecimento: 

LEVANTAMENTO ARBÓREO E ARBUSTIVO EM UM FRAGMENTO DE APP NO INTERIOR DO MUNICÍPIO DE TRÊS DE MAIO - RS.

As áreas de preservação permanente (APP) funcionam como uma barreira contra o assoreamento dos rios, ou seja, assegura a terra da margem e que vem de lavouras para que não caia dentro dele, tem a função de conservar a vegetação nativa da região, manter a beleza natural, como também reter um pouco da umidade. O presente estudo teve como objetivo diagnosticar a vegetação arbórea e arbustiva de um fragmento de uma APP. A área-objeto de estudo, envolveu o levantamento arbóreo-arbustivo em uma área rural, localizado na região noroeste do Rio Grande do Sul, no município de Três de Maio - RS. No presente trabalho foram identificados 140 indivíduos pertencentes a 12 famílias. Dentre as espécies encontradas 90 delas correspondem a arbusto e 50 arbóreas. O fragmento apresenta elevada diversidade florística, com distribuição relativamente uniforme de indivíduos em relação ao número de espécies, de forma que não há espécies com um domínio expressivo, capaz de caracterizar o fragmento. Ao analisar os resultados da composição florística, constatou-se resultados que indicam que a área esta razoavelmente bem conservada. As espécies com maior Valor de Importância (VI) do fragmento estudado são P. dubium, C. peltophoroides e E. uniflora , porém, estas três juntas representam 30% das espécies arbóreas e apenas 11% do VI total do fragmento, comprovando a homogeneidade da floresta. O trabalho ajudou a perceber a importância do levantamento, pois foi possível constatar que a área esta em estagio médio de regeneração natural, e com poucos exemplares de espécies invasoras, assim os dados obtidos nesse estudo nos permite a criação de metas e estratégias de conservação, proteção desse fragmento florestal e de outros vizinhos, mesmo que alguns fragmentos estejam em diversos níveis de perturbação, também pode ser extremamente importante, pois contribuíram para manutenção da diversidade de espécies e para recuperação da flora da região.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000097
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20161228.005417

ESTUDO DE CASO: CAPTAÇÃO DE ÁGUAS DA CHUVA, E O AUMENTO DA DISPONIBILIDADE, VISANDO O DESENVOLVIMENTO E A CIDADANIA NO MEIO RURAL

RESUMO

 As más condições do relevo na cidade de Pedro Leopoldo, grande parte acidentado, e a frequente ação prejudicial das águas pluviais ocasionam erosões no solo, geram o assoreamento dos córregos e da rede hidrográfica, podendo provocar enchentes que trazem enormes prejuízos à população e ao município. Assim, o presente trabalho aborda a necessidade da construção de barraginhas nas propriedades rurais, fato que minimiza as enchentes, a poluição dos córregos e mananciais, e diminui o problema da erosão.  Como estudo de caso foi escolhido o projeto “ Preservado as águas de Pedro Leopoldo”, com duração de 5 anos e ainda em fase de implantação. Até o momento mais de 400 barraginhas foram construídas em 57 propriedades. Essa ferramenta tem sido eficiente, ao captar a água das chuvas intensas e irregulares, essas barraginhas proporcionam condições para que a água nelas represada se infiltre no solo, atingindo o lençol freático proporcionando a revitalização dos cursos d’água próximos.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000084
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160616.005387

PRESERVAÇÃO RENTÁVEL: PROPRIETÁRIO RURAL COMO PRESTADOR DE SERVIÇOS AMBIENTAIS

Influenciado por tendências mundiais de buscar a sustentabilidade, tem surgido no Brasil muitos projetos conjuntos ou isolados que buscam meios de preservar o meio ambiente, preservar a qualidade da água, do ar e do solo. O governo em muitas cidades e/ ou estados para auxiliar no incentivo a preservação da natureza tem criado programas de remuneração pelos serviços ambientais e tem tornado o produtor rural um prestador desses serviços ambientais, essa preservação rentável é o tema deste trabalho.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000086
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160726.005364
Área do Conhecimento: 

GLÂNDULAS VEGETAIS SECRETORAS DE SAIS E DIGESTIVAS

Graças a busca por informação, o homem conseguiu desenvolver sua cultura ao redor de vários conhecimentos, sobre o mundo a sua volta, o ambiente, os animais, as plantas. Estas últimas tem grande importância na produção de alimentos e diversos outros subprodutos, mas muitas plantas apresentam peculiaridades que muitas vezes são pouco estudas, entre essas peculiaridades podemos citar as glândulas secretoras e sal e digestivas que são o foco deste trabalho, justamente para trazer mais informações a cerca do assunto que esta pesquisa foi elaborada.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000086
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160726.005363
Área do Conhecimento: 

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS E MORFOLÓGICAS DA ESTRUTURA FOLIAR

Devido a grande demanda de material e conhecimento para acadêmicos e profissionais de áreas que voltam seus estudos para as características e o funcionamento dos vegetais, é preciso estar a cada dia melhorando e deixando as informações disponíveis em formatos mais simples para compreensão. Nesse sentido o trabalho a seguir buscar trazer algumas informações relevantes sobre a estrutura anatômica e morfológica da folha, trazendo as diferenças entre as células do mesófilo, tipos de folhas adaptadas a certos ambientes e a estrutura Kranz.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000086
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160726.005362
Área do Conhecimento: 

CARACTERIZAÇÃO DA PESCA LAGOSTEIRA: IMPACTOS E EMPASSES RELACIONADOS A PROIBIÇÃO DA ATIVIDADE PESQUEIRA

A pesca da lagosta enfrenta uma das mais sérias crises do setor pesqueiro nacional, tanto no que diz respeito aos aspectos biológicos, sociais, econômicos e ambientais relacionados à atividade, apresentando sinais de sobrepesca e decréscimo acentuado da produtividade pesqueira. Porem medidas mitigatórias foram tomadas por parte das entidades governamentais, que incluem a proteção de áreas de desova, período de defeso, tamanho mínimo de captura, restrições ao uso de apetrechos e licenciamento da frota. Porém em recorrência da degradação do habitat pelas ações antrópicas e a tolerância com as práticas ilegais, a possibilidade de colapso dessa importante pescaria é admitida. Diversos seguimentos estão relacionados ao fracasso das políticas públicas de ordenamento desta atividade, frente a isso os diversos segmentos envolvidos na pratica desta pescaria afirmam que medidas inovadoras devem ser aplicadas para superar a atual crise.  A incapacidade governamental em monitorar a implementação, aliadas ao comportamento dos pescadores e a inutilidade das normas existentes também são abordadas como a fonte desse fracasso. Com este trabalho, propôs-se discorrer sobre a relevância da pesca da lagosta no Brasil, levando em consideração as problemáticas da sobrepesca deste crustáceo e os impasses relacionados a proibição da atividade pesqueira.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000089
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20161011.005360

INSPEÇÃO DA QUALIDADE DE PESCADOS COMERCIALIZADOS NO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA - MG

INSPEÇÃO DA QUALIDADE DE PESCADOS COMERCIALIZADOS NO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA - MG

[1] Adriano Ferreira de Figueiredo

[2]Paulo Roberto Ribeiro

[3] Edson José Fragiorge

[4] Pedro Henrique Ferreira Tomé

RESUMO

No Brasil, vários motivos comprometem o consumo de pescado, sendo entre os principais, destacam-se o manuseio na estocagem e o armazenamento. O presente trabalho teve como objetivo inspecionar e avaliar a qualidade do pescado no município de Uberlândia-MG, por meio de análises sensoriais, bem como também avaliar a temperatura do pescado no gelo na área de comercialização e condições de estocagem. A pesquisa foi realizada em 2 hipermercados, 6 peixarias e 2 feiras livres, procurando abranger a maior área possível. Realizou-se a análise sensorial (visual), conforme Decreto-lei nº 30.691 de 29 de março 1952, em cada um destes estabelecimentos. Foram observadas as conformidade (C) e não conformidades (CN) referentes às características do pescado: condições de armazenagem no gelo, condições de higiene (em geral), o brilho dos olhos e a saliência, aderência de escamas à pele, intensidade da cor vermelho vivo nas guelras, firmeza e elasticidade da carne e presença de odor semelhante ao de plantas marinhas. Foram usados os parâmetros da portaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que define padrões técnicos de identidade e qualidade de peixe fresco, para avaliar as condições de armazenagem no gelo. Verificou-se a temperatura do pescado conforme Resolução - RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004 para alimentos preparados e refrigerados (4 a -18ºC). No município de Uberlândia MG, 51,0 % dos atributos avaliados para pescados estão em não conformidade, e, apenas 10,0% dos estabelecimentos estão de acordo com o preconizado pela legislação brasileira vigente para padrões de comercialização desses produtos.

 

Palavras Chaves: Conservação, Sensorial, Piscicultura;

[1] Discente - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Triangulo Mineiro – Campus Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil. drifigui@yahoo.com.br

[2] Médico Veterinário - Docente, FATEC - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Triangulo Mineiro – Campus Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil. proberto@iftm.edu.br

[3] Biólogo - Docente, FATEC - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Triangulo Mineiro – Campus Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil. edsonjose@iftm.edu.br

[4] Engenheiro Agrícola - Docente, FATEC - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Triangulo Mineiro – Campus Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil. pedrotome@iftm.edu.br

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000082
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160412.005316
Área do Conhecimento: 

Páginas

Subscrever Ciências Agrárias