Contabilidade Empresarial

A CONTABILIDADE GERENCIAL E SUA FUNÇÃO NO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE UMA ÓTICA: UM ESTUDO DE CASO DE UMA MICROEMPRESA SITUADA NA CIDADE DE BARREIRAS.

O presente estudo tem por objeto estabelecer as primeiras linhas de uma contabilidade gerencial na em uma microempresa do ramo de óticas, da cidade de Barreiras, no oeste baiano. O setor ótico apresenta algumas peculiaridades, como problemas de garantia de produtos e desperdício de matérias-primas no momento de fazer óculos de grau. Dessa forma, as informações da contabilidade, em especial, sobre os custos de produção, podem ser mais bem trabalhadas em relatórios direcionados aos gestores do segmento. Um planejamento estratégico também é outra necessidade, no que tange a melhoria do atendimento e na atualização dos aparelhos necessários a confecção de lentes de grau. A empresa em questão não tem vontade de expansão, tendo em vista ter acomodado ao mercado regional que tem certa regularidade de demanda e ainda não enfrenta uma saturação de oferta de produtos ao ponto de inviabilizar a empresa em questão. Todavia, por meio da conjugação entre contabilidade gerencial e planejamento estratégico pode-se chegar a previsão de cenários que mudem o perfil de um setor ainda conservador e pouco dado a inovações abruptas.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000103
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170119.005715

O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO EM UM ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE: UM ESTUDO DE CASO DE UMA MICROEMPRESA SITUADA NA CIDADE DE BARREIRAS.

Este trabalho apresenta um estudo de caso sobre como o planejamento estratégico em uma microempresa prestadora de serviços de contabilidade pode ser uma ferramenta de competitividade no mercado atualmente, descrevendo todas as suas partes e seus benefícios. Apresenta a revisão bibliografia que aborda o tema, integrando conceitos e passagens importantes dos autores mais relevantes. As informações foram coletadas por meio da análise documental e de questionário. Com a coleta de dados foi possível identificar os principais pontos fortes e fracos de um planejamento estratégico, com toda as recomendações bibliográficas de um planejamento. Isso tudo, sempre analisando com o cenário atual do mundo globalizado, sempre em grandes mudanças, uma vez que esta ferramenta é de grande auxilio na tomada de decisões das empresas e traz um diferencial para quem adota. Tendo como conclusão, a afirmativa de que o planejamento estratégico traz um diferencial para a empresa e a ajuda a ser mais competitiva no mercado.

 

 

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000103
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170119.005714

A CONTABILIDADE GERENCIAL COMO INSTRUMENTO PARA ALAVANCAGEM EMPRESARIAL

RESUMO

 

Em busca de um diferencial em um mercado competitivo como o da atualidade, a contabilidade gerencial se torna uma ferramenta imprescindível para uma administração empresarial brilhante. Nesse contexto, trazemos a seguinte problematização: Como a contabilidade gerencial pode contribuir para o ganho de eficiência na utilização de recursos financeiros de uma pequena empresa no município de Cotegipe – BA? Os objetivos do trabalho são: Identificar as principais ferramentas da contabilidade gerencial e sua aplicabilidade na gestão da empresa pesquisada; Diagnosticar as reais necessidades da empresa estudada, quanto à geração e utilização da informação contábil; Propor adequações ao processo de gestão da empresa, com vistas a alavancagem financeira, econômica e patrimonial.  O presente trabalho justificou-se pela importância do tema para a vida acadêmica e pela disponibilidade do conhecimento obtido que pode ser aplicado na vida profissional. A classificação da pesquisa é descritiva, pois é um estudo de caso. O método é o indutivo, pois foi por meio das amostragens financeiras / econômicas que se gerou informações para a empresa estudada. Foram realizadas pesquisas bibliográficas em livros, monografias e dissertações de mestrado, que serviram para compreender e interpretar os dados coletados.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000102
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170117.005691

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NA IMPLANTAÇÃO DA CONTABILIDADE INTERNA

RESUMO

O presente estudo teve como principal objetivo, pesquisar a importância do planejamento estratégico para a implantação da contabilidade interna, alguns fatores apontam que na maioria das vezes a prática das mudanças é executada visando apenas os resultados positivos e benefícios que possivelmente serão proporcionados, não levando em consideração a probabilidade de dar errado, assim raramente analisam essa possibilidade, muito menos se dão o trabalho de estabelecer um planejamento para prever e evitar eventualidades indesejáveis. Para isso buscou-se um referencial teórico, abordando assuntos como o estudo dos tipos e elaboração do planejamento estratégico, contabilidade interna e contador interno. Trata-se de uma pesquisa, qualitativa, descritiva, aplicada e pesquisa-ação, sendo aplicados dois questionários que esclareceram dúvidas sobre o planejamento estratégico e auxiliam a implantação da contabilidade interna. Os resultados demonstraram que o planejamento estratégico guia a empresa para a melhor direção a se seguir, sendo sua elaboração essencial para ser utilizada em qualquer mudança que a organização vier a fazer, evitando surpresas desagradáveis, obtendo assim um melhor desempenho e facilidade na implantação.

 

 Palavras-chave: Planejamento Estratégico. Contabilidade Interna. Implantação.

 

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000100
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170111.005631

INDICADORES DE RENTABILIDADE: ESTUDO DE CASO COM EMPRESAS LISTADAS NA BM&FBOVESPA

Este estudo analisa a aplicação de indicadores de rentabilidade (sobre o ativo total, sobre o patrimônio líquido e sobre os investimentos), por meio de um estudo de caso com empresas listadas na BM&FBOVESPA, no segmento Bovespa Mais Nível 2. Os indicadores de rentabilidade são índices matemáticos que, a partir de dados extraídos de demonstrações contábeis, informam o quanto uma empresa é rentável através dos capitais investidos. A pesquisa é de abordagem qualitativa e quantitativa, descrita-exploratória-empírica e se utiliza da pesquisa bibliográfica e da análise documental como técnica metodológica; possui amostragem total de duas empresas. Com a análise dos resultados foi possível observar que as empresas apresentam indicadores não rentáveis, na grande maioria divergente dos índices padrão correspondentes; as empresas podem possuir um satisfatório grau de eficiência na aplicação de recursos, no que tange à alocação dos mesmos, mas ineficientes em decisões e técnicas que os façam rentáveis de acordo com o padrão do setor respectivo.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000099
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170110.005596
Subscrever Contabilidade Empresarial