Economia

A CRISE ECONOMICA NA VENEZUELA E A DEPENDENCIA DO PETROLEO

Este artigo analisa a crise econômica venezuelana que vem se agravando nos últimos anos, tomando como foco a cotação do petróleo no mercado internacional e suas consequências para a Venezuela no âmbito socioeconômico. Buscamos compreender a importância da queda no preço do commodity petróleo, demonstrando o quanto este evento influenciou a arrecadação fiscal e o nível de vida da população, pois sabe-se que grande parte da receita venezuelana depende da venda do óleo bruto. Apresentamos tais fatos através do estudo dos indicadores sociais e econômicos, construindo e trabalhando os gráficos de forma transversal às eventualidades que ocorreram nos últimos anos.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000092
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20161129.005668

COMO ALGUNS PAÍSES E INSTITUIÇÕES SE BENEFICIARAM COM AS CRISES ECONÔMICA E POLÍTICA DA GRÉCIA

O presente artigo tem como objetivo demonstrar que a crise na Grécia beneficiou economicamente países desenvolvidos e instituições financeiras. Apesar da presente crise ter sido fruto de outras, se tornando apenas uma peça num efeito dominó causado por dezenas de fatores encadeados, foi demonstrado que a Grécia teve sua parcela de culpa, vez que fez escolhas erradas de investimentos e infraestrutura possibilitando que bancos e outros países lucrassem com a crise econômica, política e institucional ocasionada. Além disso, não conseguiu controlar de maneira correta as contas públicas e os empréstimos realizados durante os últimos anos. Evidenciou-se as parcelas de culpa, pela presente crise, das instituições e países desenvolvidos. Foram elencados os fatores e fatos que levaram à situação crítica grega, bem como conseguiu-se comprovar e demonstrar de/ que maneira a Alemanha conseguiu obter vantagens com a crise grega, acumulando um exorbitante valor de capital, obtendo prosperidade econômica e altas taxas de geração de empregos no país, durante esse processo de endividamento da Grécia.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000088
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160823.005496

INSTITUIÇÕES E CONVENÇÕES FRENTE ÀS INCERTEZAS EXPECTACIONAIS NAS TOMADAS DE DECISÃO DE INVESTIMENTO E DE PRODUÇÃO

O artigo traz uma breve consideração acerca dos conceitos de “instituição” e “convenção”, a partir da conceituação desenvolvida a partir das diferentes teorias econômicas, bem como esses se relacionam no processo de tomada de decisão por parte dos agentes econômicos quanto às suas decisões de produção e de investimento em um ambiente de incerteza.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000075
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2015
Nº Certificado: 
20151112.005062
Área do Conhecimento: 

UMA ANÁLISE SOBRE AS ESTRATÉGIAS POLÍTICAS DE FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR ATRAVÉS DE PROGRAMAS DE COMPRAS PÚBLICAS DE ALIMENTOS

A agricultura familiar no Brasil tem sido responsável pela maior parte dos alimentos que chegam a mesa da população, apesar do fraco apoio estatal que vinha recebendo ao longo de sua história. No intuito de oferecer melhores oportunidades a esse importante segmento da sociedade, um conjunto de políticas foi criado a partir do Programa Nacional de fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), de 1996. Entre as mais recentes estratégias de apoio a este segmento, figuram programas de compras estatais diretas, que abriram o mercado institucional, um espaço até então dominado por grandes empresas fornecedoras de alimentos, para os produtos da agricultura familiar, como é o caso das compras municipais para a alimentação escolar. Através de uma pesquisa documental e de campo, este estudo buscou discutir essa abertura diante da perspectiva de 15 associações e cooperativas de agricultores familiares da região sudoeste do estado de São Paulo, enquanto uma oportunidade para melhorar a situação econômica desses agricultores. Verificou-se que ao garantir uma parcela importante da renda anual dos agricultores, tais políticas estão alcançando resultados positivos, trazendo boas perspectivas para o setor.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000075
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2015
Nº Certificado: 
20151117.005058

A GESTÃO DE RECURSOS NATURAIS: CONSIDERAÇÕES ECONÔMICAS RELATIVAS À SUBSTITUIÇÃO DO DIESEL PELO BIODIESEL DA MAMONA

A energia ocupa lugar central no processo de desenvolvimento. De sua administração depende não só do processo de crescimento e desenvolvimento econômico, como também, importantes agregados econômicos como a distribuição da renda e do nível de emprego. As vantagens relevantes do petróleo relativas à flexibilidade de uso e baixos custos estão ligados à limitação não menos severas das reservas e elevadas emissões de . O presente trabalho destina-se ao estudo das alternativas ao petróleo, com o biodiesel derivado da mamona e a administração das alternativas na matriz energética.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000045
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2013
Nº Certificado: 
20131210.001316
Área do Conhecimento: 
Subscrever Economia