Economia

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DA ECONOMIA DOMÉSTICA POR MEIO DA CONTABILIDADE

De acordo com o atual cenário econômico brasileiro e a contínua queda de renda e emprego, se faz oportuna a adoção de postura comedida e consciente por parte da população, com a necessidade de organização, planejamento e controle financeiro. Analisar o comportamento da economia doméstica, com enfoque na realidade socioeconômica do município de Fernandópolis-SP e apresentar soluções, por meio da contabilidade, para equilibrar o orçamento. Com relação à metodologia, durante os meses de junho e julho de 2017, realizou-se a Pesquisa Descritiva de Campo Comparativa e Quantitativa, por meio de ferramenta do Google, cujo questionário aplicado com perguntas relacionadas à rotina financeira doméstica, obteve-se o retorno de 15 pesquisados. Após análise das respostas recebidas, foram apresentados números e porcentagens, ao que se pôde constatar desconhecimento sobre educação financeira, cujos índices de despesas se mostram extremamente variáveis, além da ausência de investimentos. De acordo com essa análise, foram apresentados exemplos para qualidade da economia doméstica e expostas ferramentas eficazes da contabilidade e sua aplicação em finanças pessoais, como planejamento, orçamento, organização e controle, bem como as formas de utilização, além de dicas para conviver com os limites da renda atual, evitar exageros, procurar investimentos e estalabecer metas, com estratégias eficientes para o consumo consciente. Conclui-se que esse trabalho que as ferramentas da contabilidade poderão auxiliar na importância do autodomínio e da responsabilidade, partes na atuação da economia doméstica área de auxílio no desenvolvimento social, bem como no equilíbrio do orçamento doméstico.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000117
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20171207.006280
Área do Conhecimento: 

A CRISE ECONOMICA NA VENEZUELA E A DEPENDENCIA DO PETROLEO

Este artigo analisa a crise econômica venezuelana que vem se agravando nos últimos anos, tomando como foco a cotação do petróleo no mercado internacional e suas consequências para a Venezuela no âmbito socioeconômico. Buscamos compreender a importância da queda no preço do commodity petróleo, demonstrando o quanto este evento influenciou a arrecadação fiscal e o nível de vida da população, pois sabe-se que grande parte da receita venezuelana depende da venda do óleo bruto. Apresentamos tais fatos através do estudo dos indicadores sociais e econômicos, construindo e trabalhando os gráficos de forma transversal às eventualidades que ocorreram nos últimos anos.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000092
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20161129.005668

COMO ALGUNS PAÍSES E INSTITUIÇÕES SE BENEFICIARAM COM AS CRISES ECONÔMICA E POLÍTICA DA GRÉCIA

O presente artigo tem como objetivo demonstrar que a crise na Grécia beneficiou economicamente países desenvolvidos e instituições financeiras. Apesar da presente crise ter sido fruto de outras, se tornando apenas uma peça num efeito dominó causado por dezenas de fatores encadeados, foi demonstrado que a Grécia teve sua parcela de culpa, vez que fez escolhas erradas de investimentos e infraestrutura possibilitando que bancos e outros países lucrassem com a crise econômica, política e institucional ocasionada. Além disso, não conseguiu controlar de maneira correta as contas públicas e os empréstimos realizados durante os últimos anos. Evidenciou-se as parcelas de culpa, pela presente crise, das instituições e países desenvolvidos. Foram elencados os fatores e fatos que levaram à situação crítica grega, bem como conseguiu-se comprovar e demonstrar de/ que maneira a Alemanha conseguiu obter vantagens com a crise grega, acumulando um exorbitante valor de capital, obtendo prosperidade econômica e altas taxas de geração de empregos no país, durante esse processo de endividamento da Grécia.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000088
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160823.005496

INSTITUIÇÕES E CONVENÇÕES FRENTE ÀS INCERTEZAS EXPECTACIONAIS NAS TOMADAS DE DECISÃO DE INVESTIMENTO E DE PRODUÇÃO

O artigo traz uma breve consideração acerca dos conceitos de “instituição” e “convenção”, a partir da conceituação desenvolvida a partir das diferentes teorias econômicas, bem como esses se relacionam no processo de tomada de decisão por parte dos agentes econômicos quanto às suas decisões de produção e de investimento em um ambiente de incerteza.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000075
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2015
Nº Certificado: 
20151112.005062
Área do Conhecimento: 

UMA ANÁLISE SOBRE AS ESTRATÉGIAS POLÍTICAS DE FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR ATRAVÉS DE PROGRAMAS DE COMPRAS PÚBLICAS DE ALIMENTOS

A agricultura familiar no Brasil tem sido responsável pela maior parte dos alimentos que chegam a mesa da população, apesar do fraco apoio estatal que vinha recebendo ao longo de sua história. No intuito de oferecer melhores oportunidades a esse importante segmento da sociedade, um conjunto de políticas foi criado a partir do Programa Nacional de fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), de 1996. Entre as mais recentes estratégias de apoio a este segmento, figuram programas de compras estatais diretas, que abriram o mercado institucional, um espaço até então dominado por grandes empresas fornecedoras de alimentos, para os produtos da agricultura familiar, como é o caso das compras municipais para a alimentação escolar. Através de uma pesquisa documental e de campo, este estudo buscou discutir essa abertura diante da perspectiva de 15 associações e cooperativas de agricultores familiares da região sudoeste do estado de São Paulo, enquanto uma oportunidade para melhorar a situação econômica desses agricultores. Verificou-se que ao garantir uma parcela importante da renda anual dos agricultores, tais políticas estão alcançando resultados positivos, trazendo boas perspectivas para o setor.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000075
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2015
Nº Certificado: 
20151117.005058

A GESTÃO DE RECURSOS NATURAIS: CONSIDERAÇÕES ECONÔMICAS RELATIVAS À SUBSTITUIÇÃO DO DIESEL PELO BIODIESEL DA MAMONA

A energia ocupa lugar central no processo de desenvolvimento. De sua administração depende não só do processo de crescimento e desenvolvimento econômico, como também, importantes agregados econômicos como a distribuição da renda e do nível de emprego. As vantagens relevantes do petróleo relativas à flexibilidade de uso e baixos custos estão ligados à limitação não menos severas das reservas e elevadas emissões de . O presente trabalho destina-se ao estudo das alternativas ao petróleo, com o biodiesel derivado da mamona e a administração das alternativas na matriz energética.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000045
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2013
Nº Certificado: 
20131210.001316
Área do Conhecimento: 
Subscrever Economia