Economias Agrária e dos Recursos Naturais

UMA ANÁLISE SOBRE AS ESTRATÉGIAS POLÍTICAS DE FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR ATRAVÉS DE PROGRAMAS DE COMPRAS PÚBLICAS DE ALIMENTOS

A agricultura familiar no Brasil tem sido responsável pela maior parte dos alimentos que chegam a mesa da população, apesar do fraco apoio estatal que vinha recebendo ao longo de sua história. No intuito de oferecer melhores oportunidades a esse importante segmento da sociedade, um conjunto de políticas foi criado a partir do Programa Nacional de fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), de 1996. Entre as mais recentes estratégias de apoio a este segmento, figuram programas de compras estatais diretas, que abriram o mercado institucional, um espaço até então dominado por grandes empresas fornecedoras de alimentos, para os produtos da agricultura familiar, como é o caso das compras municipais para a alimentação escolar. Através de uma pesquisa documental e de campo, este estudo buscou discutir essa abertura diante da perspectiva de 15 associações e cooperativas de agricultores familiares da região sudoeste do estado de São Paulo, enquanto uma oportunidade para melhorar a situação econômica desses agricultores. Verificou-se que ao garantir uma parcela importante da renda anual dos agricultores, tais políticas estão alcançando resultados positivos, trazendo boas perspectivas para o setor.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000075
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2015
Nº Certificado: 
20151117.005058
Subscrever Economias Agrária e dos Recursos Naturais