Engenharia Sanitária

O TRATAMENTO DOS EFLUENTES LÍQUIDOS E A SUSTENTABILIDADE DA ATIVIDADE MINERÁRIA

A preocupação com o impacto das atividades de mineração sobre o meio ambiente tem incentivado estudos para a utilização racional dos recursos hídricos nas atividades minerarias. O monitoramento de recursos hídricos é necessário para que seja possível identificar e avaliar qualquer tipo de anormalidade. No presente trabalho foram apresentados parâmetros de monitoramento ambiental de uma determinada mineradora, que como outras estão buscando desenvolver processos que minimizam os impactos ambientais. Soluções como recirculação da água nos processos, novas tecnologias, mineração a seco e o reaproveitamento de rejeito do minério, mostram que a atividade mineraria pode ser conduzida de maneira sustentável.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000084
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160622.005397

ANÁLISE COMPARATIVA DA QUALIDADE DA ÁGUA NA BACIA DO RIO DOCE APÓS ROMPIMENTO DA BARRAGEM DO FUNDÃO, MARIANA – MINAS GERAIS

Após o rompimento da barragem do Fundão, na cidade de Mariana - Minas Gerais, verificou-se a necessidade de se examinar a qualidade da água maior número de vezes, visto que surgiram várias hipóteses de contaminação por metais pesados advindos dos rejeitos da referida barragem. A grande preocupação se deve ao fato que os rios atingidos pertencem a Bacia do Rio Doce, que banha parte de Minas Gerais e Espírito Santo até desaguar no mar. O presente trabalho compara os resultados das análises dos parâmetros de Al, Fe, Pb e Mn na água em três pontos de monitoramento localizados na calha do Rio Doce disponibilizados pelo IGAM. Foi verificado um aumento destes parâmetros imediatamente após o rompimento e posterior diminuição dos mesmos.

 

 

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000084
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160622.005394
Área do Conhecimento: 

IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA DE TRATAMENTO DE ESGOTO, COM A APLICAÇÃO DE UM WETLAND DE FLUXO HORIZONTAL SUBSUPERFICIAL EM ESMERALDAS/MG

Este artigo apresenta um projeto como alternativa para o tratamento de esgoto doméstico, conhecido como águas cinzas, em uma residência rural no município de Esmeraldas/MG. As águas cinzas são consideradas como água oriunda de pias de cozinha, chuveiro e lavabos, além do efluente final da fossa séptica, não sendo incluído portanto, o esgoto bruto. Será apresentado o dimensionamento de um wetland de fluxo horizontal subsuperficial e as plantas utilizadas no sistema, exemplificando a função de cada espécie. Os procedimentos serão baseados em legislações vigentes e tem o objetivo de apresentar a viabilidade do projeto a ser implantado.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000084
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160613.005382
Área do Conhecimento: 

AVALIAÇÃO DA OCORRÊNCIA DO DESREGULADOR ENDÓCRINO 17Α-ETINILESTRADIOL EM EFLUENTES DE ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO E POSSÍVEIS REMEDIAÇÕES

Resumo –. Substâncias capazes de alterar a função endócrina de organismos vivos estão sendo amplamente estudados por todo o mundo. Os desreguladores endócrinos podem causar vários transtornos no meio ambiente, desde alterações no sistema reprodutor de organismos aquáticos como peixes e moluscos, até o aumento de ocorrência de alguns tipos de câncer. Sendo assim, este trabalho avalia a ocorrência do 17α-etinilestradiol, em águas naturais e em estações de tratamento de esgoto, além de apresentar alguns métodos de remoção.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000084
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160613.005381
Área do Conhecimento: 

O PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS COMO INCENTIVO À INSTALAÇÃO DE FOSSAS SÉPTICAS NO MUNICÍPIO DE PIEDADE-SP

Atualmente a conservação da água e de suas nascentes tornou-se um dos temas de maior relevância para a sustentabilidade ambiental dos municípios brasileiros. Uma das grandes ameaças que pode ser apontada é a destinação inadequada de efluentes domésticos, principalmente nas regiões rurais onde não existe rede coletora de esgoto. Nesses locais, o uso de fossas negras, devido ao baixo custo, ainda é muito utilizado em comparação as fossas sépticas e biodigestores, apontados como melhores soluções. Este trabalho discute a possibilidade do uso do instrumento econômico conhecido como PSA (Pagamento por Serviços Ambientais) na solução desses problemas na cidade de Piedade - SP. Para isso o presente trabalho utilizou a metodologia de pesquisas bibliográficas e pesquisa de campo, tomando como exemplo outros trabalhos bem sucedidos como em Estrema – MG e na Cidade de Nova York nos Estados Unidos. Verificou-se que o PSA é um projeto valido para o caso em questão, que pode, através do incentivo da construção de fossas sépticas para a população que vive ao redor das nascentes, promover a melhoria da qualidade da água da região, bem como possibilitar uma melhor qualidade de vida para essas pessoas.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000091
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20161114.005380

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DO ELEMENTO FILTRANTE ZEÓLITO NA REMOÇÃO DE FERRO E MANGANÊS NO TRATAMENTO DA ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO

Para a engenharia ambiental qualidade da água é um tema muito mais abrangente do que somente a remoção de sólidos em suspensão e cor. Devido suas propriedades de solvente universal, a água possui capacidade de transportar partículas, acompanhadas de impurezas que comprometem a qualidade da água e consequentemente a saúde. Em vista a crescente escassez hídrica que atingiu o Brasil nos últimos anos, os recursos hídricos provenientes de águas subterrâneas surgem como uma alternativa para o abastecimento de água para consumo humano. A presença de ferro e manganês em água destinada ao consumo humano tende a trazer diversos incômodos como, por exemplo, a alteração das funções organolépticas, principal fator de reclamações realizadas pelos usuários. Diante deste contexto, o objetivo deste artigo é avaliar a eficiência do elemento filtrante zeólito na remoção destes metais pesados da água proveniente de poço artesiano para consumo humano.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000084
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160607.005379
Área do Conhecimento: 
Subscrever Engenharia Sanitária