Línguas Estrangeiras Modernas

OS EFEITOS DO DISCURSO PATRIARCAL NOS CONTOS: NO QUARTO DEZENOVE E INTÉRPRETE DE MALES

A proposta deste trabalho foi analisar a Representação da Mulher no Discurso Patriarcalista Presente nos Contos: No Quarto Dezenove e o Intérprete de Males, de Doris Lessing e Jhumpa Lahiri respectivamente, investigando a representação da identidade feminina construída através do discurso patriarcalista. Sabe-se que ao redor da identidade feminina, se criou uma crença de que a mulher, sexo frágil, deveria assumir os deveres domésticos, e cuidar dos filhos, enquanto o homem era o provedor da casa. A partir do século XX, a mulher consegue ter uma maior autonomia, podendo assim trabalhar e estudar, porém ainda sobre o jugo patriarcalista ela acaba deixando todos os seus projetos para constituir uma família. Encurralada pela autonomia e pelo discurso patriarcalista as personagens femininas dos contos supracitados, acabam desenvolvendo conflitos identitários, ou seja, se desenvolve então a crise de identidade. Ao analisar os Conflitos das identidades, A construção da identidade feminina no discurso patriarcalista e A representação da mulher nos contos O Intérprete de Males e O quarto dezenove, pode-se notar que esse discurso se faz presente na criação das identidades femininas analisadas, desenvolvendo assim, uma crise de identidade na qual resultou em finais opostos, porém surpreendentes. Conclui-se que a questão identitária, patriarcalista, pessoal e familiar da mulher sempre acompanhará o padrão exigido pela sociedade.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000096
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20161228.005356
Subscrever Línguas Estrangeiras Modernas