Morfologia

EFEITOS DO USO DE DROGAS LÍCITAS E ILÍCITAS DURANTE A GESTAÇÃO SOBRE O EMBRIÃO E O FETO

Anomalias congênitas ou teratogênese são transtornos que podem ser estruturais, funcionais, metabólicos, comportamentais ou hereditários causados no feto ou embrião, em que compõe uma das principais causas de mortalidade neonatal, devido à exposição a agentes teratogênicos durante a gestação, como uso de drogas, por exemplo, que foi o tema principal abordado e se classifica na categoria de anomalias causadas por fatores ambientais, de modo que afeta o desenvolvimento embrionário, alterando diversos processos fundamentais. Este trabalho objetivou entender melhor o conhecimento sobre a relação entre a ingestão de drogas lícitas como álcool e ilícitas como cocaína e demais drogas que causam malformações estruturais ou funcionais. O estudo foi realizado através de uma revisão bibliográfica com um levantamento sobre atuais contribuições referente ao tema, propiciando ao leitor uma reflexão sobre os devidos cuidados a serem tomados. Conclui-se que é essencial para mulheres férteis e principalmente gestantes a importância do tema abordado, pois através deste conhecimento pode ser evitado ou avaliado com antecedência e diminuir possíveis danos para o feto.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000085
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160630.005320
Área do Conhecimento: 
Subscrever Morfologia