Parasitologia

PARASITOSES INTESTINAIS COMO FATOR DE RISCO PARA APRENDIZADO ESCOLAR.

As parasitoses intestinais se constituem em um dos principais problemas de saúde pública, e mesmo com todos os avanços científicos e tecnológicos conquistados ao longo do tempo pela humanidade, as parasitoses intestinais ainda representam um grave problema social, principalmente em países em desenvolvimento, contribuindo para problemas relacionados à saúde e educação. O presente artigo tem por objetivo discutir, através de uma revisão literária, a questão da prevalência de parasitas intestinais em crianças em idade escolar e os fatores envolvidos na epidemiologia de enteroparasitoses. Incidindo diretamente como fator de risco para as populações, principalmente, as de baixa renda. Tais fatores representam ainda estreita relação socioeconômica, estado nutricional e localização demográfica da população, influenciando diretamente no baixo rendimento escolar, afetando os aspectos educacionais, cognitivos, físicos e nutricionais, principalmente da população infantil. Este estudo relaciona causas e conseqüências, indicando os fatores essenciais que contribuem com os casos de incidência e prevalência de parasitoses, e que estão relacionados não somente aos aspectos das condições sócio-econômicas da população, mas também à ausência de iniciativas do setor público diante desta situação. Faz se necessárias medidas profiláticas e nova mentalidade a respeito do assunto, para formar cidadãos sadios, críticos e dignos de uma melhoria de qualidade de vida.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000080
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2016
Nº Certificado: 
20160128.005192
Área do Conhecimento: 
Subscrever Parasitologia