Back to top

ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA DAS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS SOBRE OS MÉTODOS DE CUSTEIO POR ABSORÇÃO E VARIÁVEL NO PERÍODO DE 2014 A 2018.

Tipo de Trabalho 

Artigo

O objetivo do presente estudo foi o de mapear e realizar uma análise bibliométrica de publicações científicas que abordassem a aplicação dos métodos de Custeio Variável e Custeio por absorção na atividade industrial e prestação de serviços, publicados nos Anais do Congresso Brasileiro de Custos e do Encontro Nacional de Engenharia de Produção e nas Revistas Brasileiras de Custos e de Engenharia de Produção. Por meio da coleta de dados, mapeou-se 50 artigos no período de 2014 a 2018. Os resultados apontam que as publicações em estudo apresentam as seguintes características bibliométricas: do total da amostra, 25 artigos (50%) nos Anais do Congresso Brasileiro de Custos, 19 artigos (38%) nos Anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 05 artigos (10%) na Revista Brasileira de Custos e 01 artigo (2%) na Revista Brasileira de Engenharia de Produção; a maioria dos artigos (13 artigos, 23% da amostra) foram publicados em 2018; 48 artigos (96%) se utilizaram da metodologia do estudo de caso; o setor de Alimentação e bebidas, onde estão inclusas atividades de restaurantes, indústria de alimentos, bebidas e laticínios, representa 18,8% dos estudos de casos (09 artigos). A maioria dos trabalhos da amostra (36%) objetiva aplicar e analisar um método específico de custeio e 26% realizam aplicação comparativa de métodos de custeio; as maiores frequências de número de autores por trabalho são de 3 ou 4 autores, representando 26% da amostra (13 artigos) para trabalhos com 4 autores e 24% (12 artigos); a autoria dos artigos é em sua maioria da Região Sul (39,3%) do país e da UNESC (10,9%).