Back to top

ANÁLISE BIOÉTICA DO CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL DO BIÓLOGO

Tipo de Trabalho 

Artigo

O Código de Ética do Biólogo, Resolução CFBio n° 2 - de março/2002, é um instrumento que foi elaborado para orientar a conduta dos biólogos sobre os aspectos éticos da prática profissional. Esse estudo tem como objetivo, analisar o Código de Ética, comparando os enfoques deontológico e bioético. Para isso, realizou-se uma análise interpretativa do Código, utilizando a metodologia de categorização proposta por Bardin (2011), classificando as unidades do texto que se relacionavam com os referenciais do principialismo bioético - autonomia, beneficência, não-maleficência e justiça -, e com os aspectos metodológicos e qualidades morais relacionadas à profissão. Dos quatro princípios da teoria bioética, apenas dois foram citados no decorrer do texto, e somados representam 15% do seu conteúdo. Assim, os itens que se referem aos métodos, bem como aos aspectos de qualificação profissional, juntos correspondem aos demais 85% do código. Dessa forma, o Código, focaliza no profissional, com predominância nos aspectos legalistas e deontológicos da profissão.