Back to top

A ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NA PREVENÇÃO DA SÍNDROME DO ESTRESSE TIBIAL MEDIAL EM CORREDORES

Tipo de Trabalho 

Artigo

RESUMO

A síndrome do estresse do tibial medial é uma lesão comum devido à sobrecarga mecânica, principalmente em atletas, provocando inflamação local e estresse ósseo. A corrida de rua tem se popularizado cada vez mais, sendo uma das atividades físicas mais praticadas nos últimos anos. O objetivo é identificar como assistência dos profissionais de fisioterapia esportiva contribui para o cuidado ofertado ao corredor no que se refere a prevenção da Síndrome. 

A metodologia presente neste estudo encontra-se pautada em pesquisa de revisão de literatura. A atuação do fisioterapeuta é essencial para a prevenção do estresse tibial medial, uma vez que este profissional poderá orientar o corredor no decorrer da sua atividade. Quando lesionado o tratamento inicial requer repouso e cuidados e pausa na atividade de correr, para que seja possível o fisioterapeuta tratar a lesão, e desta forma, o corredor progressivamente tende a retornar aos treinos e corridas.