Back to top

EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA E AS CONTRIBUIÇÕES DA EPISTEMOLOGIA GENÉTICA DE PIAGET

Tipo de Trabalho 

Artigo

O presente trabalho consiste numa revisão bibliográfica voltada a contribuir no debate sobre a teoria do desenvolvimento cognitivo proposta por Piaget e sua contribuição para educação contemporânea. Inicia-se num primeiro momento a explicar como Piaget propôs os estágios do desenvolvimento humano, cada qual considerado pelo pensador suíço em determinada fase biológica de aquisição do conhecimento na criança, sendo estes estágios de desenvolvimento: o sensório motor, o pré-operatório, o operatório formal e o operatório conceitual. Num segundo momento, o texto trata da contribuição da psicologia para a construção da ciência da educação, os conflitos e algumas principais escolas de pensamento, nas quais se moldaram a educação mundial. Por fim, o trabalho refere-se às contribuições da teoria de Piaget à educação atual e, especialmente à educação brasileira. Considera que a partir deste autor a criança passa a configurar como elemento ativo no processo de aquisição do conhecimento e também que o professor, antes concebido enquanto detentor do conhecimento passa a ter a função de mediador do mesmo, facilitando, através da técnica e do conhecimento das fases de aquisição do desenvolvimento cognitivo, o aprendizado de forma efetiva e construído juntamente à criança. O texto aborda ainda que, embora haja diversas divergências entre teorias progressistas da psicologia da educação, estas se concentram na forma como se desenvolvem o conhecimento e seus elementos, mas concordam quando da criança enquanto sujeito ativo e no professor enquanto mediador.