Back to top

EPIDEMIA DE AIDS E MUDANÇAS NO COMPORTAMENTO SEXUAL EM DUAS REDES DE HOMENS COM PRÁTICAS HOMOSSEXUAIS FORMADAS A PARTIR DE HOMENS RESIDENTES EM JABOATÃO DOS GUARARAPES

Tipo de Trabalho 

Artigo

Apesar dos grande avanços tecnológicos no campo da saúde e dos esforços para combater o HIV/Aids, a doença ainda é um problema a ser enfrentado, principalmente entre os Homens que Fazem Sexo com Homens (HSH), nesta população específica a epidemia tem crescido de forma preocupante. Neste sentido, o presente estudo tem por objetivo analisar aspectos sobre conhecimentos e práticas de prevenção em relação a HIV/Aids em redes de HSH formadas a partir de homens residentes em Jaboatão dos Guararapes. Além de expor características sociodemográficas desta população, interpretar a vulnerabilidade desta população ao HIV/Aids através de fatores como: uso da camisinha, teste sorológico para HIV e conhecimentos sobre aids.  Caracteriza-se como um estudo de corte transversal, os dados foram coletados através de e aplicação de questionário a 69 respondentes. Dois outros estudos realizados na Região Metropolitana do Recife foram utilizados de forma comparativa a fim de apontar mudanças nos dados encontrados. Os resultados encontrados apontam que amostra estudada possui conhecimentos básicos sobre Aids, entretanto o número de relações sexuais desprotegidas ainda é grande, principalmente quando se trata de relações entre parceiros fixos. Observa-se que relatos de testagem para HIV são recorrentes, aumentado com o tempo, sugerido que a mudança nesse tipo de comportamento pode ser fruto das campanhas que enfatizam a testagem.