Back to top

ESCRAVAS DOMÉSTICAS NO SÉCULO XIX: O PAPEL DA MULHER NA SOCIEDADE ESCRAVOCRATA.

Tipo de Trabalho 

Artigo

Este trabalho teve como intuito desvendar o papel desempenhado por escravas e escravos domésticos no século XIX, bem como compreender suas funções perante a sociedade brasileira para responder as questões jurídicas que se impuseram a cerca da legalidade de suas condições de trabalho perante  legislação vigente à época e seus costumes. Para tanto, optou-se pela pesquisa bibliográfica, historiográfica, a utilização dos Códigos de conduta e costumes vigentes no período de escravidão no Brasil e documentos correlatos capazes de dimensionar as questões elucidadas em três eixos; sendo o primeiro a família patriarcal e o papel desempenhado pela mulher em seu bojo, em segundo plano as tarefas exercidas por escravos domésticos e sua importância e por último a análise legislativa dos códigos de conduta que regulavam as matérias relativas os escravizados.