Back to top

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA – ETA - UM ESTUDO NO SETOR SUCROALCOOLEIRO

Tipo de Trabalho 

Artigo

As instalações de Estações de Tratamento de Água - ETA nas áreas industriais ocorreu devido a necessidade do uso e reuso de água tratada para os diversos processos da indústria sucroalcooleira, onde são utilizados grandes volumes de água nas várias etapas de fabricação dos produtos que no caso deste estudo serão estudados os processos de produção do Açúcar e do Álcool. Os recursos hídricos superficiais utilizados pela Usina neste estudo inicia-se através da captação do córrego da Serra que é afluente do rio Monjolinho, que tem suas águas desviadas para um canal que alimenta a casa de bombas que envia para a ETA. Após ser tratada a água é enviada para as diversas áreas onde serão utilizadas como: caldeiras, moendas, destilaria entre outras. Deve-se ressaltar que o tratamento pela ETA industrial não garante o uso para consumo humano, apenas para utilização industrial. O grande volume do uso da água nas diversas etapas do processo industrial de produção do açúcar e álcool leva a implantação de uma gestão hídrica que passa a ser um tema de extrema importância para empresa avaliada, onde foi criado o Programa Reduza para Conservação e Reuso de Águas, que tem por objetivo principal, diminuir a captação e o consumo da água das fontes superficiais e profundas, por meio de Gestão Hídrica e reutilização de águas do processo produtivo adotando procedimentos de: Reduzir o consumo de água, promover os benefícios da redução de água e progredir sempre de modo sustentável. Os resultados mostrados neste trabalho mostraram que o tratamento da água é fundamental para cada etapa de fabricação e que sem ele a qualidade final e o valor dos produtos seriam prejudicados em relação aos requisitos dos parâmetros específicos exigidos pelo Sistema de Garantia de Qualidade exigido na comercialização destes produtos.