Back to top

ESTUDO COMPARATIVO DE MODELOS ESTRUTURAIS UTILIZADOS EM ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO

Tipo de Trabalho 

Artigo

Uma das etapas do projeto de uma edificação consiste no dimensionamento e detalhamentos de suas peças estruturais. Para isto, utiliza-se um modelo que é definido a partir da concepção estrutural, a qual consiste em selecionar os elementos a serem utilizados, suas posições, assim como definir as solicitações projetadas e realizar o seu pré-dimensionamento. A definição do modelo a ser construído parte da experiência dos engenheiros calculistas, não existindo normas ou manuais que definam parâmetros e/ou procedimentos metodológicos para tal escolha. Desta forma, uma dada edificação pode possuir diferentes modelos estruturais, dependendo da interpretação subjetiva dada pelos diferentes projetistas. Diante disto, concepções estruturais equivocadas são comuns no momento de planejar e modelar estruturas de concreto armado, o que ocorre a partir da má definição de peças e de materiais, escolhas relativas ao posicionamento de peças, vinculações e também acerca da distribuição e definições de cargas. O presente trabalho visa analisar os resultados de variações de concepção estrutural de uma dada edificação por meio da utilização do software AltoQi Eberick® V10, assim como, contribuir para definições de parâmetros em relação a tomadas de decisões técnicas na elaboração de um projeto de estruturas de concreto armado. Este comparativo será realizado com base na análise de pórticos espaciais levando em consideração a deslocabilidadee instabilidade da estrutura, assim como, na análise quantitativa dos materiais (concreto, aço e formas) do referido projeto, necessários para confecção dos elementos estruturais. Ressalta-se que os critérios envolvidos nesta análise, podem influenciar diretamente nas condições de conforto, segurança e também nos custos de execução da construção.