Back to top

ESTUDO COMPARATIVO DOS MÉTODOS CONSTRUTIVOS DE BARRAGENS DE REJEITOS SOB O PONTO DE VISTA DA GEOTECNIA

Tipo de Trabalho 

Artigo

Com finalidade de auxiliar nas pesquisas sobre barragens de rejeito, neste trabalho foi feito um estudo comparativo envolvendo dois dos seus métodos construtivos, método de montante e método de jusante, sob o ponto de vista geotécnico. Foram realizadas análises de percolação, tensão-deformação de uma barragem com arranjos e parâmetros geotécnicos já conhecidos e com o auxílio do pacote Geostudio 2012 foi possível obter os resultados dessas análises. Com os resultados do Geostudio, nas análises de percolação, os valores de vazões e velocidades para os dois métodos construtivos foram parecidos, portanto optou-se por verificar possíveis ocorrências de piping e de areia movediça do corpo da barragem, resultando em condições favoráveis à ocorrência de piping e desfavoráveis ao estado de areia movediça. Nas análises de tensão-deformação avaliou-se os recalques em cada fase de alteamento, os resultados mostraram que os recalques máximos no método de jusante foram superiores ao de montante, porém foi observado que os recalques aconteceram em locais distintos.