Back to top

A MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E A REALIDADE DO ALUNO AMAZÔNICO: VIVÊNCIAS E REFLEXÕES.

Tipo de Trabalho 

Artigo

O presente artigo discute a questão da realidade do aluno amazônico e os impasses para o acesso a uma formação de qualidade, por meio de cursos na modalidade de Educação a Distância (EAD). É resultado de vivências e observações adquiridas no curso de Especialização em Educação a Distância, ofertado pela Universidade do Estado do Pará, com polo presencial no município de Bujaru-PA. O objetivo é discutir as dificuldades encontradas pelos discentes para o acesso a essa modalidade de ensino. A metodologia baseou-se na pesquisa qualitativa, a partir de revisão bibliográfica e observação participante, além de experiências de colegas de classe ao longo do desenvolvimento das disciplinas. Os resultados apontam que os alunos apresentam muita dificuldade para acessar a plataforma e acompanhar os prazos das atividades, fato que afeta negativamente o processo de ensino-aprendizagem. Conclui-se que a falta de acesso aos recursos necessários para uma efetiva formação na modalidade EAD dificulta a apoderação do conhecimento.