Back to top

O IMPACTO DO TRABALHO NA SAÚDE MENTAL DO INDIVÍDUO: COMPETÊNCIAS SOCIAIS E QUALIDADE DE VIDA

Tipo de Trabalho 

Artigo

RESUMO

Este artigo examina a interlocução entre trabalho e saúde/ saúde mental e o treino de competências sociais e sua relação com a qualidade de vida do trabalhador. O presente trabalho é uma revisão bibliográfica que exemplifica a construção psicossocial das relações humanas no trabalho e o desenvolvimento de competências sociais, emocionais e comportamentais que constituem elementos indissociáveis para a qualidade de vida e saúde mental do trabalhador o que reforça a constituição do presente artigo. Discorreremos inicialmente sobre o adoecimento e sofrimento do trabalhador e o impacto em sua saúde mental, logo após abordaremos a contribuição do psicólogo para a implementação dos processos psicossociais em relação aos processos básicos de competências sociais na organização, em seguida intercalaremos as competências sociais e a qualidade de vida para desenvolvimento adequado nas relações interpessoais no qual estabelece e reforça a qualidade de vida dentro das organizações. Os objetivos são: verificar modelos teóricos que embasam o treino de competências sociais; apresentar o papel do psicólogo no contexto psicossocial relacionado ao bem-estar e qualidade de vida na saúde mental do trabalhador e por último fomentar a reflexão sobre a saúde mental do sujeito, dessa forma o objetivo principal é a elaboração e estruturação do treino de competências sociais e suas implicações na saúde mental do trabalhador.