Back to top

O USO DO AR COMPRIMIDO EM CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS

Tipo de Trabalho 

Artigo

O objetivo foi apontar os riscos químicos e biológicos do uso de equipamentos em clínicas odontológicas que utilizam à energia do ar comprimido. Pretendeu-se apresentar conceitos de Segurança do Trabalho, de riscos químicos e biológicos em relação ao uso de equipamentos com ar comprimido em clínicas odontológicas. A metodologia do estudo orientou-se pela pesquisa bibliográfica e exploratória com base em pressupostos teóricos de autores. Os resultados demonstraram a importância da Segurança do Trabalho e do uso de medidas de Biossegurança em clínicas odontológicas, levando-se em consideração que o uso de equipamentos com ar comprimido que poderá produzir riscos tanto químicos quanto biológicos. Já os riscos químicos podem ocorrer com a existência de gases tóxicos no ambiente, levando-se em consideração que esses equipamentos de ar comprimido são formados de elementos químicos como oxigênio, monóxido de carbono, dióxido de carbono e outros. Conclui-se que na perspectiva da Segurança do trabalho o ar comprimido representa um risco químico ao ambiente de clínicas odontológicas na medida em que seu uso poderá favorecer a proliferação de agentes biológicos e químicos, determinando a necessidade de manutenção dos equipamentos.