Back to top

PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DE UMA BASE LOGÍSTICA E OS DESAFIOS DA DRAGAGEM

Tipo de Trabalho 

Artigo

A empresa XYZ (contratada) está implantando sua base logística, a primeira da empresa, visando totalmente as operações offshore com ênfase operacional nas áreas do pré-sal, na região de Santos, Bacia do Espirito Santo e Bacia de Campos. A empresa XYZ escolheu este lugar por se situar em lugar estratégico, próxima da bacia de Santos, Espírito Santo e Campos, os maiores campos petrolíferos do Brasil. A Base logística servirá para carregar as linhas flexíveis (equipamentos usados na produção de petróleo, que conectam a plataforma ao fundo do mar) às embarcações de apoio, chamadas Pipe Laying Support Vessel (PLSV) ou Embarcações de Suporte para dutos flexíveis. O projeto de implantação da base logística tem como premissas atender à demanda do setor offshore, contribuir para o aumento da eficiência logística, alavancando o setor e contribuindo para a geração de empregos e manter a empresa XYZ (contratada) estrategicamente posicionada no mercado offshore. A Base logística começou a ser construída em 2014 após vencer licitação (BID) para atender exclusivamente à empresa ABC (contratante) por um período pré-determinado e ainda há a previsão de renovação deste contrato. O projeto da base ainda não está totalmente concluído, pois há ainda ampliações no píer para serem completados. O grande problema para a implantação do projeto da Base logística foi a dragagem do canal. Sem essa dragagem, seria inviável a implantação da base logística. Foram anos de dragagem de sedimentos, com muitos problemas ao longo do projeto, incluindo aumento de custos e cronograma. Como a empresa XYZ (Contratante) não tinha a expertise necessária para a dragagem, a solução foi realizar um contrato com uma terceirizada para a execução do projeto.