Back to top

PROTESTANTES NO BRASIL IMPERIAL: DA PERSEGUIÇÃO A CONSOLIDAÇÃO (1824-1889)

Tipo de Trabalho 

Artigo

O presente artigo busca apresentar a chegada dos Protestantismo no Brasil, no período imperial, destacando suas dificuldades e facilidades para ocupar seu espaço na sociedade brasileira. Fazendo abordagem de suas estratégias e influências, principalmente no âmbito social e político, no que desrespeito aos direitos de cidadania. De como o ideário liberal favoreceu a inserção do protestantismo, que era compreendido como uma religião que favorecia a transição para a sociedade moderna. O artigo discute o lugar dos protestantes como influenciadores, diretos ou indiretamente, como influenciadores nas mudanças políticas, sociais e culturais vividas pela sociedade brasileira. Foram analisadas, também, como a fé reformada encontrou condições favoráveis pré-existentes na religiosidade brasileira, explicada pela fraqueza do catolicismo romano dominante, que tinha seus interesses conflitados com o da Coroa.