Back to top

UTILIZAÇÃO DO MÉTODO DOS FATORES PARA PRIORIZAÇÃO DE INCIDÊNCIAS PATOLÓGICAS NA PONTE BARÃO DE JUNDIÁ, 48 ANOS DE CONSTRUÇÃO NO MUNICÍPIO DE ESCADA-PE

Tipo de Trabalho 

Artigo

A Ponte Barão de Jundiá é a principal locomoção na cidade de Escada/PE e sofre com a falta de manutenção corretiva e/ou preventiva, ocasionando a redução da vida útil dessa importante obra. O objetivo deste trabalho é identificar as principais manifestações patológicas encontradas na estrutura que compromete a capacidade funcional, mecânica e estética da mesma tais quais: acúmulo de detritos em juntas de dilatação, sistema de drenagem deficiente, presença de umidade, infiltração, deterioração das peças em concreto, exposição de armaduras e corrosão. Assim, elaborou-se um diagnóstico realizado com inspeção visual e utilizando o métodos dos fatores para priorização dessas incidências nas regiões inferior e superior da estrutura da ponte, identificando as manifestações patológicas e informando as devidas recuperações.