Back to top

AS VANTAGENS DO SILÍCIO ORGÂNICO NA ESTÉTICA CORPORAL

Tipo de Trabalho 

Artigo

O envelhecimento cutâneo, seja intrínseco ou extrínseco pode acarretar alterações na pele, unha e cabelos, decorrentes de processos como acentuada redução de colágeno, glicosaminoglicanos e proteoglicanos, conjuntamente com a degeneração de fibras elásticas, refletindo em atrofia da perda de elasticidade, rugas, espessamento, manchas, ressecamento, desidratação fragilidade, queratoses actínicas, alterações na estrutura de unhas e cabelos e neoplasias. O método utilizado foi a revisão de literatura, com a utilização de dez artigos científicos em português e inglês publicados nos últimos dez anos. O silício orgânico atua diretamente sobre o metabolismo celular, estimulando a síntese de fibras de sustentação da pele, conferindo firmeza e tonicidade aos tecidos. Além disso, exerce ação antioxidante, protegendo as células cutâneas, atua sobre o sistema de auto-hidratação da pele, auxiliando na retenção do teor hídrico das células cutâneas e permite a recuperação da capacidade de defesa natural da pele, afetada pela exposição a radiação Ultra Violeta (UV). O uso do silício torna-se eficaz na recuperação da pele envelhecida e desvitalizada, devolvendo ao tecido oxigenação, nutrição, hidratação e vitalidade.