Back to top

O PARADOXO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA EM TEMPOS LÍQUIDOS

Tipo de Trabalho 

Artigo

O presente estudo objetiva identificar as concepções epistemológicas do sociólogo Zygmunt Bauman (1925-2017) em contrapartida aos processos estabelecidos atualmente em torno da educação brasileira. Ancorando-se, principalmente, nos aspectos que envolvem o avanço e as transformações da sociedade, em geral, especificamente após meados do século XX, o estudo discutirá aspectos referentes ao pensamento pós-modernidade, identificado por modernidade líquida, contemplados por Bauman (2001, 2008). O sistema educacional, como parte integrante e reguladora da sociedade, é diretamente influenciado pelos processos de modernização e ascensão social, haja vista o contínuo fluxo de indivíduos que passam por esse referido sistema e que, de certa maneira, acabam deixando suas marcas, isto é, suas expressões e registros acerca do mundo que os rodeiam e do papel da educação sistematizada em suas vidas, o que acaba refletindo absolutamente em novas formas de se conceber a educação, caracterizando-se como elemento gênese da modernidade líquida.