Back to top

ANÁLISE DOS CASOS DE FARINGITE EM PACIENTES ENTRE 0 A 60 ANOS EM HOSPITAL PARTICULAR DE SERGIPE.

Tipo de Trabalho 

Artigo

Introdução: As infecções de vias aéreas superiores são as doenças infecciosas mais comuns, sobretudo na faixa etária pediátrica. Apresentam taxas de hospitalização e morbimortalidade consideráveis e são a principal causa de absenteísmo no trabalho. Objetivo: Analisar o perfil clínico de pacientes diagnosticados com faringite aguda em um hospital particular durante o período de 2014 a 2018. Metodologia: Estudo descritivo, transversal, observacional e retrospectivo dos arquivos públicos no Hospital da UNIMED de Sergipe, onde foi feita a coleta de dados secundários, a partir das informações sistematizadas dos prontuários. A amostra foi constituída por 42863 pacientes diagnosticados com faringite aguda durante este período. Resultados\discussão: Foram encontrados 4792 casos de faringite entre 2014 e 2018. Os pacientes do gênero feminino apresentaram 1,12 vezes mais chances de contraírem a patologia. Seguindo a literatura, o grupo entre 0 a 19 anos apresentou cerca de 60% dos casos de faringite aguda dentro deste período. Foram apenas realizadas 4 internações durante este período, sendo menor que um por cento dos casos de faringite aguda. Conclusões: Os resultados mostraram um maior acometimento no gênero feminino e no grupo de 0 a 19 anos. É concluído que há uma escassez de dados epidemiológicos a cerca da faringite aguda na população sergipana e brasileira. São necessários mais estudos para a promoção de políticas públicas mais adequadas para essa população.