Back to top

EDUCAÇÃO ESPECIAL: DA EXCLUSÃO A INCLUSÃO SOB UMA PERSPECTIVA PSICOPEDAGOGICA

Tipo de Trabalho 

Artigo

Os avanços legais tem proporcionado grandes conquistas para inplantação das políticas públicas de inclusão social.  Contudo, ainda observa-se a marginalização social das pessoas com necessidades especiais.  A literatura aponta que uma das lacunas que impedem a política inclusiva se tornar realidade cotidiana nas escolas é a falta de capacitação profissional.  Diante disso, este artigo tem como objetivo discutir e refletir as práticas do psicopedagogo no que concerne a Educação Especial e a inclusão escolar e social.  A metodologia utilizada foi a revisão bibliográfica, sob uma perspectiva biopsicosocial do indivíduo.  Conclui-se, portanto, destacando a necessidade de um olhar do psicopedagogo que facilite a singularidade de cada sujeito, do desenvolvimento e do processo de ensino-aprendizagem da pessoa com necessidades especieais.  Deste modo, a psicopedagogia deve proporcionar, por meio de práticas interdisciplinares, promover a autonomia, na vida educacional, e social desses indivíduos.