Geografia

O CONCEITO DE REGIÃO E A CONSTRUÇÃO DE UM ESPAÇO NACIONAL NAS ENTRELINHAS DO CAPITAL

Esta discussão tem como intuito compreender a Região como categoria analítica da Geografia respeitando-se suas características conceituais. Neste sentido, tem-se como complementação a discussão referente as intencionalidades do desenvolvimentismo regional no Brasil fomentado pelo modo de regulação do Estado a partir de um conjunto de leis, valores e hábitos construídos a partir do regime de acumulação primitiva do capital. Esta afirmativa reforça-se a partir da regionalização que tem como intuito a defesa pela propriedade privada fortalecendo a partir da luta de classes a visão institucionalista que promove de modo precário e insipiente a articulação econômica dos locais frente ao crescente anseio pelo lucro e expansão do capital.

This discussion has the intention to understand the region as an analytical category of Geography respecting their conceptual characteristics. In this sense, it is meant to supplement the discussion regarding the intentions of the regional developmentalism in Brazil encouraged by the mode of regulation of the state from a set of laws, values ​​and habits built from the scheme of primitive accumulation of capital. This statement is reinforced from the regionalization that has the intention to strengthen advocacy for private property from the class struggle institutionalist vision that promotes precariously and incipient economic front articulation of the growing local desire for profit and capital expansion.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000119
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2018
Nº Certificado: 
20180129.006359
Área do Conhecimento: 

A CAFEICULTURA MODERNA EM PATROCÍNIO/MG: DO LOCAL AO GLOBAL

O presente texto objetiva analisar as principais relações socioeconômicas que envolve a produção de café em Patrocínio, Minas Gerais, destacando os aspectos de produção, circulação e expansão dessa atividade agrícola para o mercado nacional e global. Metodologicamente, baseia-se em pesquisas teórica e documental. A primeira analisará conceitos como modernização da agricultura, agricultura científica globalizada e logística, presentes em Frederico (2014), Pereira (2014) e Santos (1993); a segunda coletará informações e dados estatísticos da cafeicultura local junto ao IBGE e CONAB. Por fim, almeja destacar a inserção de Patrocínio no mercado global mediante a cafeicultura moderna e como esta tem transformado espacialmente essa localidade, assim como as práticas agrícolas.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000114
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20171018.006166
Área do Conhecimento: 

TRANSFORMAÇÕES NO CERRADO: MODERNIZAÇÃO DA AGRICULTURA E OS COMPLEXOS AGROINDUSTRIAIS

A intenção deste escrito é a de reunir as principais concepções acerca dos conceitos de modernização, agroindústria e complexos agroindustriais, e a partir destas tecer algumas considerações sobre a modernização do cerrado. Para tanto lançou-se mão do feitio de uma revisão teórica. Foram consultados os seguintes autores: Berman (1986), Castilho (2010), Davis (1957), Faoro (1992), Graziano da Silva (1991), Harvey (1993), Marafon (1998), Mazzali (2000), Müller (1989), Page (1996), Pires e Ramos (2009) e Ribeiro (2003).

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000114
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20171018.006164
Área do Conhecimento: 

A NOVA DINÂMICA DA AGROINDÚSTRIA DO CAFÉ NO MUNÍCIPIO DE PATROCÍNIO (MG)

O presente texto abordará a evolução da cafeicultura em Patrocínio, no estado de Minas Gerais (MG). Esse município localiza-se na Região do Cerrado Mineiro (Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas) e possui uma população estimada de 89.333 mil habitantes (IBGE, 2016). Atualmente, é o maior produtor de café do país, somente, em 2014 foram colhidas 63.328 mil toneladas de sacas de café (IBGE, 2014). Em relação à estratégica metodológica, está baseia-se em pesquisa teórica e documental visando discutir e analisar conceitos relacionados a modernização da agricultura, agricultura científica globalizada, logística, entre outros. Os principais autores a serem usados são: Frederico (2014), Pereira (2014), Santos (1993), dentre outros. Atualmente, o café produzido em Patrocínio possui uma indicação geográfica, na espécie de Denominação de Origem (DO), uma das principais certificações internacionais reconhecida no mercado internacional. A área delimitada como DO em Patrocínio é reconhecida pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI). A produção atual de café é comercializada para países da Europa, Japão e Estados Unidos.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000107
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170525.005928
Área do Conhecimento: 

EDUCAÇÃO DO CAMPO: ALGUMAS REFLEXÕES A PARTIR DO OLHAR GEOGRÁFICO

Partimos da concepção que a Educação do Campo precisa ser planejada em todos os níveis, desde a educação infantil até o ensino superior para sua efetivação. Com isso, é necessário que o lugar de vivência dos alunos seja valorizado como ponto de partida para a compreensão das relações socioespaciais em diferentes escalas geográficas. Neste sentido, o objetivo geral deste artigo é compreender algumas reflexões a cerca da Educação do Campo a partir do olhar geográfico. Como instrumento metodológico, utilizamos a pesquisa bibliográfica e documental, além de discussões feitas em sala de aula. Os resultados do estudo revelam que ao debater assuntos que perpassam pelo lugar de vivência dos alunos das escolas do campo, o interesse, a motivação e a participação, quando bem trabalhados pelos professores, podem despertar a elevação do senso comum ao saber cientifico. A geografia, enquanto ciência de compreensão do espaço geográfico tem grande potencial em desenvolver o senso critico no alunado. É a partir desses parâmetros que a Educação do Campo no Brasil e no Estado do Paraná precisa avançar ainda mais, mesmo diante de todas as conquistas já alcançados, sempre há melhorias a serem feitas de ordem pedagógica, estrutural, política, entre outras.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000101
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170113.005669
Autor(es): 
Área do Conhecimento: 

UMA ENFOQUE TRANSDISCIPLINAR EM TORNO DO CADASTRO RURAL E DA LICENÇA AMBIENTAL ÚNICA DENTRO DA DISCIPLINA DE GEOGRAFIA E MATEMÁTICA.

Este trabalho se configura como análise com uso das ferramentas prático- pedagógicas disponibilizadas no Ensino Fundamental de maneira consorciada nas disciplinas de Geografia e Matemática com um enfoque metodológico em torno da importância do CAR e LAU. . O CAR – Cadastro Ambiental Rural foi estabelecido em Mato Grosso pela Lei Complementar nº 343, de 24 de dezembro de 2008, onde se originou Programa Mato-grossense de Regularização Ambiental – MT-LEGAL. Conforme deliberado pelo MT Legal (Lei complementar 343/08) a regularização ambiental das propriedades rurais incide em dois passos: o Cadastro Ambiental Rural – CAR e a Licença Ambiental Única – LAU. O CAR é o passo inicial para a regularização ambiental de uma propriedade rural. Esse cadastro é retirado junto à Sema (Secretaria Estadual do Meio Ambiente) em via eletrônica, para terminações de controle e monitoramento. Busca-se assim uma consciência ecológica na sala de aula que vem sendo uma tendência mundial e vem influenciando a sociedade e consequentemente a escola por meio de uma reeducação com princípios ao progresso econômico, equilíbrio e proteção ambiental. A disciplina de Geografia pode ser um dispositivo em torno da sustentabilidade, onde intermedie a ação do aluno na sociedade com métodos de racionalização dos recursos desencadeando um processo construtivo com perspectivas a preservação e ao uso consciente do uso dos recursos naturais. 

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000072
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2015
Nº Certificado: 
20150921.004962
Área do Conhecimento: 
Subscrever Geografia