Ciências da Saúde

A ATUAÇÃO DO FISIOTERAPEUTA NA EQUIPE DO NÚCLEO DE APOIO A SAÚDE DA FAMÍLIA (NASF)

 

Título: A ATUAÇÃO DO FISIOTERAPEUTA NA EQUIPE DO NÚCLEO DE APOIO A SAÚDE DA FAMÍLIA (NASF)

Introdução: A Atenção Básica em Saúde (ABS) é um conjunto de ações de saúde que envolve diagnósticos, tratamentos, promoção, prevenção, e reabilitação nos âmbitos individuais ou coletivos. O processo de trabalho nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) pressupõe a integração de seus profissionais com a equipe de saúde da família. Com a criação do NASF e a alta inserção de fisioterapeutas neste serviço, faz-se necessário conhecer melhor o trabalho da categoria neste cenário visando a melhoria da qualidade, eficácia e eficiência da ABS. Objetivos: Verificar a importância da atuação do fisioterapeuta dentro da equipe do NASF. Metodologia: Foi realizada uma revisão de literatura nas seguintes bases de dados eletrônicas: Lilacs, Medline e Scielo. Foram utilizadas as palavras-chave: NASF e Fisioterapia ligadas pelo operador booleano AND. Foi feito levantamento bibliográfico dos últimos 4 anos (2013 - 2017) nos idiomas português e espanhol. Foram excluídos artigos incompletos e que não tinham relação direta com a área da fisioterapia dentro da equipe NASF. Após avaliação dos artigos restaram três artigos para análise. Resultados: O fisioterapeuta, quando inserido no Núcleo NASF tem uma demanda muito grande nas áreas de Neurologia, Ortopedia e Geriatria. Porém, este profissional tem que enfrentar os problemas que são comuns dentro da ABS como: a falta de infra-estrutura, escassez de recursos ou tecnologias, levando em consideração a sua autonomia profissional. Resta ao fisioterapeuta desenvolver de maneira criativa, distintas formas de intervenções na comunidade, visando a demanda do usuário. Conclusão: Diante disso é possível concluir que o fisioterapeuta quando inserido na equipe NASF, atua não só cumprindo a sua função na atenção primária através de palestras investindo na promoção e prevenção de doenças, mas também atua na busca de melhorias da qualidade do atendimento ao usuário do SUS.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000117
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20171207.006281
Área do Conhecimento: 

A QUALIDADE DE VIDA DE CRIANÇAS PORTADORAS DE DIABETES MELLITUS TIPO 1 E DE SUAS FAMÍLIAS

Este estudo descreve a qualidade de vida de crianças com diabetes mellitus tipo 1 e para tal finalidade, seu desenvolvimento apresenta: a dificuldade encontrada pelos pais das crianças portadoras de tal doença, as dificuldades encontradas pela própria criança portadora no contexto familiar e social, o manejo da doença e ainda a qualidade de vida dos portadores de diabetes mellitus tipo 1 na infância. Verificou-se que existem diversas dificuldades por parte dos pais dos portadores da doença nas atividades diárias das crianças, partindo do princípio de que os fatores econômicos, sociais, pessoais e emocionais de toda família afetam na conquista de um controle metabólico adequado. Além disso, foram identificadas dificuldades das crianças com diabetes mellitus tipo 1 no convívio diário com familiares e também com a sociedade, principalmente no que diz respeito à alimentação e ao tratamento e controle da doença. Foram elencados os fatores que facilitam ou dificultam o manejo de tal doença na infância, buscando a melhoria da qualidade de vida das crianças e também de seus familiares. Portanto, concluiu-se que a rotina das crianças portadoras da patologia em questão é conduzida pelos seus cuidadores, o que afeta o estilo de vida dos mesmos e pode prejudicar a qualidade de vida da família como um todo. A avaliação do impacto do tratamento da diabete mellitus tipo 1 na qualidade de vida dessas crianças torna-se um elemento fundamental nos processos de intervenção e consequentemente do tratamento da doença em questão. 

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000116
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20171128.006256
Área do Conhecimento: 

PREVALÊNCIA DA SÍNDROME DE BURNOUT EM AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE E ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO EM UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA DO RECIFE/PE.

O objetivo deste estudo é investigar a existência de predisposição à Síndrome de Burnout  entre  os profissionais de saúde das Unidades de Saúde da Família e quais são suas principais formas de enfrentamento diante de estressores. Foi realizado um estudo transversal descritivo, desenvolvido com 13 agentes de saúde da USF Vila Boa Vista em Recife/PE. Os instrumentos de avaliação utilizados foram o Questionário Jbeili, elaborado por Chafic Jbeili, inspirado no Maslach Burnout Inventory – MBI. E a Escala Modos de Enfrentamento de Problemas (EMEP), com o objetivo de mensurar estratégias de enfrentamento em relação a estressores específicos.  A análise dos questionários mostrou um quadro preocupante entre os agentes comunitários de saúde. Todos os profissionais que participaram do questionário apresentaram uma pontuação relevante. O grupo estudado apresentou bons valores de enfrentamento alicerçados em estratégias focalizadas no problema, no Pensamento Fantasioso e na Busca de Suporte Social. E levemente reduzida nas estratégias de enfrentamento focalizadas na emoção. Em suma, é importante que politicas de atenção à saúde aos profissionais sejam formalizadas. É necessário, portanto, que essas iniciativas sejam tomadas e permaneçam em acompanhamento constante, e não em forma de iniciativas isoladas. O processo do adoecimento profissional é crônico, dessa forma, o cuidado deve ser permanente. 

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000116
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20171124.006191

MÉTODOS E APLICAÇÕES DO PLASMA RICO EM PLAQUETAS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

O plasma rico em plaquetas (PRP) é um produto derivado de sangue autólogo, cujo preparado visa obter uma alta concentração de plaquetas em um pequeno volume de plasma. Desde meados da década de 90, o gel de PRP, tem sido usado nas áreas de cirurgia oral, reconstrutiva oral, bucomaxilofacial e procedimentos de reconstrução para implantodontia, medicina estética, entre outros ramos da medicina, visando acelerar o reparo da feridacirúrgica e a regeneração óssea. As plaquetas atuam no processo de hemostasia, cicatrização de feridas e reepitelização. Elas liberam diversos fatores de crescimento que estimulam a angiogênese, a mitose celular, a quimiotaxia dos neutrófilos, macrófagos e fibroblastos, que por sua vez proporcionam um aumento na síntese de colágenos e a produção de linfócitos com a produção de interleucina, promovendo aceleração da reparação tecidual. O propósito deste trabalho é avaliar o PRP, quanto aos seus métodos de obtenção, suas vantagens e desvantagens e suas aplicações clínicas através de um estudo descritivo de revisão literatura, realizada por meio de base de dados de artigos da literatura científica. Com base nas bibliografias estudadas, pode-se concluir que o PRP é uma ferramenta veio para somar na prática de consultório e também cirúrgica e entre estudos positivos e negativos, são esperadas conclusões mais certeiras na expectativa de se poder contar com mais uma opção no tratamento das patologias.

 

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000115
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20171030.006190
Área do Conhecimento: 

DIFICULDADE NO MANEJO DA AMAMENTAÇÃO DO BINÔMIO MÃE-FILHO NO ALOJAMENTO CONJUNTO

Resumo: O desconhecimento da importância da amamentação, desde o pré-natal além de fatores de ordem biológica, psicológica e sócio culturais, pode ocasionar a interrupção do aleitamento materno exclusivo. Identificar essas dificuldades precocemente é de crucial relevância na continuidade da oferta deste leite nos primeiros seis meses da criança, garantindo sua manutenção por tempo mais prolongado. Desta forma, este estudo buscou apresentar uma revisão de literatura sobre os problemas específicos relacionados à lactação e seu manejo no alojamento conjunto do binômio mãe-filho. Foram encontradas como dificuldades mais evidentes a dor e lesão mamilar, pega e posição corporal incorreta da mãe e do recém nascido. Descritores: Aleitamento materno; Alojamento Conjunto; Dificuldade Amamentação.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000115
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20171030.006182

A IMPORTÂNCIA DO USO DAS PLANTAS MEDICINAIS E ESCALDA PÉS PARA A PREVENÇÃO E A CURA NATURAL

O presente artigo tem por objetivo discutir a importância do uso das plantas medicinais e escalda pés para a prevenção e a cura natural, demonstrando que a ideia do cultivo e o uso de plantas medicinais teve o seu início no ano de 2005 na Penitenciária Regional “Dom Abel Alonso Núñez” de Bom Jesus, Estado do Piauí tendo os detentos daquela unidade prisional iniciado o plantio das ervas medicinais para o uso preventivo e cura de doenças que acometiam aquela população prisional. 

 

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000113
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20171010.006149

AÇÕES DE VIGILÂNCIA DE AMBIENTES E PROCESSO DE TRABALHO EM POSTOS DE REVENDA DE COMBUSTÍVEL

Este artigo tem como objetivo analisar os riscos a que os trabalhadores dos postos de revenda de combustíveis estão expostos, além de verificar quais as medidas adotadas para proteger esses trabalhadores dos riscos encontrados, disponibilizando para os profissionais do CEREST/SUS, orientações técnicas para o desenvolvimento de ações de vigilância de ambientes e processos de trabalho em Postos de Revenda de Combustíveis, como parte das ações de vigilância da saúde dos trabalhadores, com o intuito de melhorar as condições de saúde e segurança dos trabalhadores desses estabelecimentos, bem como reduzir a exposição a hidrocarbonetos das populações localizadas no seu entorno. Na elaboração deste artigo levou-se em consideração a pesquisa bibliográfica realizada pela equipe do CEREST Regional de Bom Jesus, que compõem a Rede Estadual de Atenção Integral á Saúde do Trabalhador (RENAST-PI).

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000111
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170828.006062

LITÍASE RENAL

O cálculo renal, é uma doença muito comum, conhecido popularmente como pedra nos rins, é um quadro agudo que se instala mais nos homens do que nas mulheres e provoca dor inesquecível. Os livros antigos de medicina diziam que é a dor mais próxima da do parto que os homens podiam sentir. Grande evolução tem sido observada nos conhecimentos sobre sua epidemiologia, fisiopatologia, diagnóstico, tratamento e profilaxia são de extrema importância, não só para propiciar um bem-estar ao paciente litiásico, mas também, alertar acerca de mudanças básicas habituais que podem reduzir drasticamente a incidência e reincidência da litíase.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000110
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170814.006048

DETERMINAÇÃO DE CINZAS EM AMOSTRAS DE BETERRABA, CAPIM ELEFANTE E FARINHA DE PEIXE

Devido a crescente demanda por material acadêmico que sirva de base para a compreensão da bromatologia dentro das ciências agrárias, realizou-se este trabalho, visando determinar a composição de cinzas em amostras de beterraba, capim elefante e farinha de peixe, por meio da incineração da matéria seca de tais amostras em mufla á 600 ºC por 4 horas, visando eliminar a matéria orgânica e quantificar a matéria mineral restante, extrapolando por meio de equações a percentagem de cinzas nas amostras frescas e na parte correspondente a matéria seca, os resultados obtidos para beterraba e farinha de peixe mostraram-se válidos em comparação com a literatura, entretanto o resultado para o capim elefante apresentou maior discrepância talvez justificada pelas hipóteses levantadas no trabalho.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000113
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20171013.006022
Área do Conhecimento: 

ENXERTO AUTÓGENO PARTICULADO BILATERAL DE MANDÍBULA PELA TÉCNICA DA TUNELIZAÇÃO SUBPERIÓSTEA

Rebordos alveolares reabsorvidos em mandíbulas edêntulas tem sido um problema na reabilitação protética do paciente. Os enxertos estão cada vez mais sendo utilizados na implantodontia para reconstrução destes rebordos, com a finalidade de ganho em largura óssea e instalação de implantes osseointegráveis. No presente estudo é relatado o caso clínico de enxerto ósseo autógeno em raspas, utilizando a técnica de enxerto ósseo particulado por tunelização subperióstea. Foi realizada incisão vertical vestibular nas áreas bilaterais edêntulas da mandíbula (região de pré-molares), e delicado descolamento do periósteo para formação de um “túnel”, no qual foi inserida as raspas ósseas removidas do ramo da mandíbula com um raspador ósseo. Foi feito a sutura com fechamento de toda a incisão e o enxerto foi mantido em posição pela pressão do periósteo e tecido mucogengival. Após 5 meses, foi realizada tomografia e observado o aumento ósseo médio de 2mm. Clinicamente foi observada neoformação óssea aumentando a largura do rebordo atrófico, e instalados os implantes osseointegráveis. O resultado deste caso nos leva a concluir que a técnica de tunelização subperióstea com raspas ósseas autógenas em mandíbula promoveu reparação e aumento ósseo favorável, viabilizando a instalação de implantes odontológicos.

Tipo de Trabalho: 
Artigo
Status: 
Publicado
Edição da Revista: 
000109
Volume da Revista: 
01
Ano: 
2017
Nº Certificado: 
20170719.006017

Páginas

Subscrever Ciências da Saúde